Slide SAÚDE E
APOIO SOCIAL
19 DE NOVEMBRO | CONFERÊNCIA

O número de óbitos e infeções por covid 19 têm vindo a aumentar em Portugal. Os esforços de contenção do contágio nem sempre resultaram e obrigaram de novo,em Outubro e Novembro, à adoção de medidas restritivas em 121 concelhos.

A declaração do estado de emergência permitiu , por exemplo, aplicar o recolher obrigatório e o dever cívico de confinamento.

A forma como o Governo e os cidadãos têm lidado com a pandemia, a forma como o setor social e os privados do setor da saúde têm sido chamados a intervir neste problema, o que falhou ou não no planeamento da segunda vaga, a capacidade do serviço Nacional de Saúde e os planos de contingência dos lares são questões que importa debater de modo a unir esforços no combate a esta doença.

Apesar de ter aumentado a esperança na obtenção de uma vacina , anunciada recentemente pela empresa norte- americana Pfizer e pela alemã Bio N Tech, o produto continua em testes e ainda não foi validado nem distribuído. Ate lá todos os contributos são bem vindos para que se consiga travar a progressão de uma doença que tem um impacto brutal a nível económico e social.

PROGRAMA

17h00 | ABERTURA
Leonor Ferreira
Jornalista TSF

17h05 | DEBATE
Manuel Lemos
Presidente da União das Misericórdias Portuguesas.

Ricardo Mexia
Presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública 

Óscar Gaspar
Presidente da Associação Portuguesa de Hospitalização Privada  

Cláudia Teixeira de Almeida
Diretora de Marketing de Empresas do BPI

MODERAÇÃO

Leonor Ferreira
Jornalista TSF

18h20 | QUESTÕES DO PÚBLICO (via WhatsApp)

18h30 | ENCERRAMENTO

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Turismo vive o momento mais crítico de sempre

Setor faz contas a ano fatídico, com perdas em torno dos 65%, e anseia pelo regresso à normalidade.
Ler mais

Lares continuam a ser grande foco de preocupação

Especificidades dos cuidados a idosos obrigam a recurso a pessoal qualificado
Ler mais

Privados admitem adiar cirurgias para acolher mais doentes covid

Face ao risco de colapso dos serviços de cuidados intensivos, especialistas acreditam que recurso a instituições particulares e sociais pode ajudar.
Ler mais